Conheça um pouco da história do bairro Guanabara, em Campinas

Você já conhece a história do bairro Guanabara, em Campinas (SP)? A urbanização do bairro nasceu a partir dos trilhos das Companhias Mogiana e Funilense. De acordo com a Prefeitura de Campinas, o bairro surgiu no final do século 19, junto com Bonfim e Botafogo.

O Guanabara, ou Jardim Guanabara, está situado entre as regiões norte e central da cidade. Nele estão localizados importantes pontos históricos de Campinas, como a Estação da Companhia Mogiana de Estradas de Ferro, hoje Estação CIS Guanabara, o Instituto Agronômico de Campinas (IAC), construído em 1887 e o Liceu Salesiano Nossa Senhora Auxiliadora, inaugurado em 1890.

A Estação Guanabara teve papel importante no desenvolvimento do bairro. De acordo com o artigo “De centralidade a fronteira: a trajetória da Estação Guanabara”, de Patricia Scarabelli, a estação adentrou o século 20 “como um ponto de concentração de pessoas e irradiadora de desenvolvimento, sendo a estação da Companhia Mogiana mais próxima do Centro da cidade e, portanto, a mais movimentada. Sua posição estratégica dentro da malha urbana colabora, ainda, com a implantação de algumas indústrias no bairro Guanabara, que são atraídas pela facilidade de escoamento da produção”.

Importantes vias de Campinas cortam o local, como a Avenida Brasil e a Avenida Barão de Itapura. Hoje o bairro se estabeleceu como uma área residencial e também se desenvolveu nas áreas comercial, de serviços e de saúde.

O Guanabara é conhecido por abrigar diversos consultórios médicos e laboratórios, sendo referência nesta área. Também se destaca por ali o comércio de veículos, abrigando um grande número de agências.

Imagem: Fasouzafreitas CC BY-SA 3.0