Imobiliária em Campinas

Colorir o teto é a nova tendência

em: Dicas | Decoração

Muitas pessoas gostam de renovar o visual da casa ou apartamento trocando as cores das paredes, isso não é mais novidade. Mas e o teto, já pensou em pintar?
Pode parecer bobo, mas o resultado é incrível! O ambiente se torna mais acolhedor e alegre.

Mas atenção: algumas técnicas são importantes na hora de colorir o teto. Pingos no rosto, rolos sem firmeza, e ainda ter que se equilibrar em cima de uma escada: é muita coisa pra pensar e ter cuidado.

Uma dica simples que pode fazer a diferença: utilizar uma bandeja com a tinta evita o sobe e desce.

O chão deve ser bem forrado com jornal e se tiver móvel no ambiente eles devem ser levados para o meio do cômodo e cobertos.

Tipos de tintas e aplicação

As tintas mais indicadas são as plásticas, à base de água ou látex. O cheiro é praticamente nulo e são econômicas. Permitem mais rapidez na hora da secagem e possibilitam mais de uma mão no mesmo dia.

O rolo e uma trincha largos e pinceis mais finos são indicados para trabalhar as bordas e os cantos.

Com o material na mão é hora de subir! É importante escolher uma escada e prestar atenção na postura na hora de pintar. Não é muito confortável, mas tente manter a cabeça em torno de 10 centímetros de distância do teto.

Caso não queira subir, você pode usar o extensor que leva o rolo até em cima. Mas de qualquer maneira, a escada será utilizada para pintar as bordas do teto e os contornos de uma lâmpada.

Para evitar problemas maiores com eletricidade, desligue a caixa de força e retire com cuidado os suportes e as lâmpadas para pintar as partes escondidas. Após secar a tinta coloque tudo novamente no lugar.

Se você for pintar as paredes também, pinte o teto antes para não correr o risco de sujar o trabalho anterior.

Confira o passo-a-passo:

Primeiro, marque as bordas com uma trincha. Pinte uma faixa de cerca de 5 cm de largura. A borda serve como referência para passar o rolo.

Use o rolo para pintar a partir da borda marcada. Comece a pintar paralelamente à borda de 5 cm uma faixa de tinta entre 40 e 50 cm de largura. Inicie o trabalho pela área do teto mais próxima da janela.

Pinte uma faixa perpendicular à primeira. Faça uma outra faixa de 40 a 50 cm, desta vez, em sentido perpendicular à primeira passada. Cada aplicação de tinta deve ser feita a partir do final da anterior. O procedimento evita que alguns locais fiquem sem pintura.

Cuidado na hora de pintar perto das conexões elétricas. Com a ajuda de um pincel, pinte em volta das conexões com cuidado. Não esqueça de desligar a caixa de força!

E mãos à obra...ops, à tinta!

Fotos: divulgação
 

Comentários:

Busca

Newsletter

Seu e-mail

Arquivo

Twitter Youtube Flickr Facebook