Imobiliária em Campinas

Aluguel em andamento com aniversário em abril subirá 3,23%

em: Provectum

Os contratos de locação em andamento com cláusula de reajuste anual pela variação do IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado) e aniversário em abril sofrerão variação de 3,23% sobre o valor do aluguel vigente até março.

De acordo com a FGV (Fundação Getúlio Vargas), responsável pela divulgação do índice, a variação do indicador em março foi de 0,43%, totalizando uma alta acumulada de 3,23% no período de 12 meses compreendido entre abril de 2011 a março de 2012.

Para facilitar o cálculo do aluguel, o Secovi-SP (Sindicato da Habitação) divulga um fator de multiplicação, que neste mês é de 1,0323 e poderá ser multiplicado diretamente no valor do aluguel vigente antes do reajuste.

Dessa forma, se o aluguel pago no período de abril de 2011 a março de 2012 foi de R$ 1.500,00 por mês, o valor de locação mensal para o período de abril de 2012 a março de 2013 – ou até o final do contrato, no caso de aluguéis com término previsto para antes de março de 2012 – será de R$ 1.548,45, resultado da multiplicação de R$ 1.500,00 por 1,0323.

Fatores de Reajustes de aluguel

- Contrato com aniversário em março de 2011 e pagamento em abril de 2011: 1,1130
- Contrato com aniversário em abril de 2011 e pagamento em maio de 2011: 1,1095
- Contrato com aniversário em maio de 2011 e pagamento em junho de 2011: 1,1060
- Contrato com aniversário em junho de 2011 e pagamento em julho de 2011: 1,0977
- Contrato com aniversário em julho de 2011 e pagamento em agosto de 2011: 1,0865
- Contrato com aniversário em agosto de 2011 e pagamento em setembro de 2011: 1,0836
- Contrato com aniversário em setembro de 2011 e pagamento em outubro de 2011: 1,0800
- Contrato com aniversário em outubro de 2011 e pagamento em novembro de 2011: 1,0746
- Contrato com aniversário em novembro de 2011 e pagamento em dezembro de 2011: 1,0695
- Contrato com aniversário em dezembro de 2011 e pagamento em janeiro de 2012: 1,0595
- Contrato com aniversário em janeiro de 2012 e pagamento em fevereiro de 2012: 1,0510
- Contrato com aniversário em fevereiro de 2012 e pagamento em março de 2012: 1,0453
- Contrato com aniversário em março de 2012 e pagamento em abril de 2012: 1,0343
- Contrato com aniversário em abril de 2012 e pagamento em maio de 2012: 1,0323

Índice do aluguel tem deflação de 0,01% na 1ª prévia de janeiro

em: Provectum


Agência Estado

RIO - A primeira prévia do IGP-M caiu 0,01% em janeiro, após subir 0,04% em igual prévia em dezembro do ano passado, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV). A taxa ficou dentro do piso das estimativas dos analistas do mercado financeiro consultados pelo AE-Projeções (de -0,12% a 0,30%), e abaixo da mediana das expectativas (0,0%).

O IGP-M é muito usado para reajuste no preço do aluguel. Até a primeira prévia de janeiro, o índice acumula aumento de 4,26% em 12 meses. O período de coleta de preços para cálculo da primeira prévia de janeiro vai de 21 a 31 de dezembro do ano passado.
Nos três indicadores que compõem a primeira prévia, o IPA-M teve queda de 0,23% este mês, após cair 0,16% na primeira prévia de dezembro. O IPC-M apresentou taxa positiva de 0,56% na prévia anunciada hoje, após avançar 0,33% na primeira prévia do mês passado. Já o INCC-M avançou 0,10% na primeira prévia deste mês, em comparação com a elevação de 0,71% na primeira prévia de dezembro.

Atacado

A deflação chegou ao fim no setor agropecuário atacadista. Os preços dos produtos agrícolas atacadistas subiram 0,82% na primeira prévia do IGP-M de janeiro, após queda de 0,51% em igual prévia em dezembro. Mas no setor industrial no atacado, os preços continuaram a cair, com taxa negativa de 0,60% na primeira prévia de janeiro, contra deflação de 0,04% em igual prévia no mês anterior.

A inflação atacadista medida pelo IPA-M acumula alta de 3,32% em 12 meses até a primeira prévia do IGP-M de janeiro.No atacado, os preços dos produtos agropecuários mostram inflação de 2,69% em 12 meses. Já os preços dos produtos industriais no atacado subiram 3,55% em 12 meses, até a primeira prévia.

Os aumentos de preços de mandioca - aipim (10,69%); soja em grão ( 1,53%); e ovos (5,44%) foram os mais expressivos entre os produtos pesquisados no atacado na primeira prévia de janeiro. Já as mais expressivas quedas de preço no atacado foram registradas em minério de ferro (-5,88%); bovinos (-3,15%); e carne bovina (-4,35%).

Varejo

A inflação varejista medida pelo IPC-M subiu 5,62% em 12 meses até a primeira prévia do IGP-M de janeiro. Na margem, a aceleração na taxa do IPC-M da primeira prévia de dezembro para igual prévia em janeiro (de 0,33% para 0,56%) foi causada por acréscimos nas taxas de variação de preços em três das sete classes de despesa pesquisadas.

O destaque foi, novamente, o grupo Alimentação. A inflação no setor acelerou de 0,20% para 1,33% de dezembro para janeiro. Nesta classe de despesa, o fim de deflação em hortaliças e legumes (de -7,44% para 6,30) no período contribuiu para a forte expansão de preços.

Entre os produtos pesquisados no varejo, as altas mais expressivas na primeira prévia de janeiro foram registradas nos preços de tomate (17,88%); batata-inglesa (8,44%); e plano e seguro saúde (0,57%). Já as mais expressivas quedas de preço foram apuradas em limão (-17,27%); passagem aérea (-8,44%); e refrigerador e freezer (-4%).

Construção

A inflação na construção civil apurada pelo INCC-M acumula elevação de 7,29% até primeira prévia do IGP-M de janeiro. A desaceleração na taxa do INCC-M, da primeira prévia de dezembro para igual prévia em janeiro(de 0,71% para 0,10%) foi causada principalmente pelo retorno à estabilidade nos preços de mão de obra (de 1,19% para 0,00%) no período.

Entre os produtos pesquisados, as altas de preço mais expressivas na construção na primeira prévia foram registradas em cimento portland comum (0,62%); tijolo/telha cerâmica (0,46%); e massa de concreto (0,36%). Já as mais expressivas quedas de preço foram apuradas em condutores elétricos (-1,46%); vergalhões e aramez de aço ao carbono (-0,17%); e madeira para telhados (-0,12%).

Índice que reajusta aluguel sobe 0,50% no mês e 5,95% em 12 meses

em: Provectum

O índice de preços mensurado pelo IGP-M (Índice Geral de Preços - Mercado), usado como referência na maioria dos contratos de aluguel, variou 0,50% em novembro, desacelerando ante a alta de 0,53% de outubro. 
No acumulado dos últimos 12 meses, a variação é de 5,95%, enquanto varia 5,22% no ano. Em 2011, o acumulado dos últimos 12 meses já chegou a 8,65%, em 29 de junho. 

Os dados foram divulgados nesta terça-feira (29) pela FGV (Fundação Getulio Vargas). 
O IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo) apresentou variação de 0,52%, ante 0,68% no mês anterior. 
O IPC (Índice de Preços ao Consumidor) variou 0,43%, ante alta de 0,26%, no mesmo período do mês outubro. 
O INCC (Índice Nacional de Custo da Construção) também acelerou ao passar de 0,20% no mês anterior para 0,50% neste mês. 
O IGP-M de novembro foi calculado com base nos preços coletados entre os dias 21 de outubro e 20 de novembro. 


Com IGP-M em 8%, saiba calcular o reajuste do seu aluguel

em: Provectum

O índice que baliza o reajuste do valor do aluguel residencial registrou, nos últimos 12 meses terminados em agosto, variação acumulada de 8%. Logo, esse deve ser o reajuste dos aluguéis com aniversário em setembro, reforça o Secovi-SP (Sindicato da Habitação).
Levando em conta somente o mês de agosto, a inflação medida pelo IGP-M (Índice Geral do Mercado), da FGV (Fundação Getulio Vargas), registrou acréscimo de 0,44%.

Cálculo
Aplicado o reajuste do IGP-M, um imóvel alugado por R$ 1 mil até agosto passa a custar R$ 1.080 a partir de setembro, pelos próximos 11 meses.
Uma forma simples de realizar o cálculo é a utilização do fator de reajuste, que, multiplicado pelo valor de locação vigente até agosto, indicará o valor do novo aluguel a ser pago efetivamente em setembro.
O Sindicato divulga um fator de multiplicação direta que corrige o valor do aluguel sem necessidade de cálculos de porcentagem. O fator para contratos com aniversário em agosto e pagamento no início de a setembro é de 1,0836.

Confira abaixo os fatores de reajustes de aluguel deste ano:



















Siga a Provectum Imóveis nas Mídias Sociais:
Twitter: @provectumimo
Facebook: http://www.facebook.com/provectumimoveis

Busca

Newsletter

Seu e-mail

Arquivo

Facebook

Twitter

Twitter Youtube Flickr Facebook