Imobiliária em Campinas

Exclusividade de vendas oferece mais segurança ao cliente

em: Provectum
Todo imóvel que exibe várias placas de ‘vende-se’ ou ‘aluga-se’ em sua fachada termina desvalorizado. Essa é uma cena comum no Brasil, pois os proprietários imaginam que quanto maior o número de imobiliárias envolvidas na comercialização mais rapidamente terá resultados. Porém, acontece o contrário. Tal prática só atrapalha e passa a impressão de que a unidade está encalhada.

“Felizmente, isso está começando a mudar”, afirma Luiz Fernando Gambi, diretor geral da Rede Secovi de Imóveis. “A exclusividade, ferramenta utilizada há anos nos Estados Unidos, Canadá, Argentina e países da Europa, está ganhando cada vez mais adeptos. Prova disso é o constante crescimento da Rede Secovi, que opera com este conceito e reúne as mais conceituadas e experientes imobiliárias da Capital e do Interior. São centenas de profissionais atuando de forma integrada para realizar a negociação com velocidade e qualidade.”

De acordo com Claudio Bernardes, presidente em exercício do Sindicato, “dar exclusividade à Rede Secovi é a melhor forma de fazer negócios imobiliários, pois, além de organizar e aprimorar o próprio mercado, o cliente tem o atendimento personalizado de sua imobiliária preferida, com a análise dos documentos, acesso a financiamentos e assessoria jurídica, e toda assistência no fechamento do negócio. Ao mesmo tempo, tem todas as imobiliárias trabalhando seu imóvel, o que agiliza o processo de venda, com a segurança que só uma rede tão bem estruturada como a Rede Secovi pode proporcionar.”

A Rede Secovi também faz o contínuo treinamento dos corretores, capacitando-os para operar com excelência. “Trata-se de uma evolução. Todos se beneficiam: proprietários, compradores e inquilinos, corretores e imobiliárias, bem como o próprio setor. Afinal, a venda de imóveis usados movimenta a produção de novas unidades, impactando o desenvolvimento da economia e a geração de empregos”, conclui Bernardes. 


Mais detalhes em www.redesecovi.com.br.

Comentários:

Busca

Newsletter

Seu e-mail

Arquivo

Twitter Youtube Flickr Facebook