Imobiliária em Campinas

Crédito imobiliário sobe 45,9% e atinge R$ 166 bilhões em agosto

em: Provectum

O crédito imobiliário somava R$ 166 bilhões até agosto, incluindo as contratações de pessoas físicas e operações das construtoras, com alta de 45,9% em 12 meses. Novo levantamento feito pelo Banco Central que foi apresentado passará a ser divulgado sempre com defasagem.

Houve uma variação positiva nominal de 80,4% no saldo do crédito imobiliário, em relação a dezembro de 2008, quando tinha a posição de R$ 92,0 bilhões.

Os financiamentos do sistema financeiro diretamente às famílias atingiam R$ 120,6 bilhões em agosto, com alta de 3,9% sobre julho, de 29,7% no ano e de elevação de 51,1% em 12 meses.

O financiamento a construtoras também teve expansão mensal significativa, de 5,2%, enquanto o crescimento no acumulado do ano ficou em 25,8%. E alta de 33,9% sobre agosto de 2009, totalizando R$ 45,4 bilhões.

No crédito habitacional a pessoas jurídicas, o destaque são os financiamentos bancários para a construção de novas unidades, com R$ 16,2 bilhões. Houve uma expansão de 43,6% em um ano.
De acordo com o BC, os dados são defasados porque colhidos diretamente da central de crédito, que registra qualquer operação bancária acima de R$ 1 mil.

Comentários:

Busca

Newsletter

Seu e-mail

Arquivo

Twitter Youtube Flickr Facebook