Imobiliária em Campinas

Vale a pena fazer um seguro do seu imóvel?

em: Dicas

O seguro residencial não é tão popular no Brasil como o seguro automotivo. Em parte, isso se deve ao menor risco de acidentes que podem afetar uma residência (bem diferente do alto risco que há com automóveis).

Mas também há muito desconhecimento desta modalidade. E há situações em que o risco de acidentes (incêndios, vendavais, queda de raios) não é pequeno, bem como o risco de roubos. Por isso, vale a pena avaliar se fazer um seguro residencial pode ser uma boa decisão para proteger o seu patrimônio. Saiba mais a seguir.

O que pode ser coberto pelo seguro?
O seguro residencial pode cobrir tanto a infraestrutura de uma casa quanto os objetos de valor que nela estão guardados. Você pode optar por um ou outro, ou por ambos.

Quando vale a pena contratar um seguro para a estrutura da casa?
Avalie se a localização da sua casa origina riscos à sua estrutura. As proteções mais comuns são contra danos provocados por quedas de raios, incêndios e vendavais. Vale lembrar que na região de Campinas todas essas incidências são relativamente comuns. Pode ser interessante avaliar esta possibilidade.

E os seguros contra roubo?
Se o seu imóvel se encontra em uma região com maior risco de roubo, pode ser importante a contratação de um seguro. Imóveis em locais isolados ou em casas de rua (fora de condomínios) são os que apresentam maior risco. O seguro pode cobrir todos os bens contidos em sua casa, de acordo com o levantamento efetuado por um perito da empresa.

Como é calculado o valor do seguro?
É preciso que o perito da seguradora elabore um parecer. Ele vai avaliar as condições de risco do imóvel e, em função disso, o valor do seguro é estipulado. Em geral, não é um valor tão elevado quanto o seguro automotivo. A menos que o seu imóvel se encontre em uma situação de risco muito alto.

Saiba mais: Quais são as regras do seguro residencial?

Imagem: iStock

Comentários:

Busca

Newsletter

Seu e-mail

Arquivo

Twitter Youtube Flickr Facebook