Imobiliária em Campinas

Como alugar o imóvel perfeito?

em: Mercado

Alugar um imóvel pode não ser uma alternativa melhor do que a compra da casa própria. Mas se o aluguel de um imóvel é inevitável, é importante que a escolha seja feita com muito cuidado. Lembre-se que é um compromisso que irá durar um bom tempo e que vai gerar um custo razoável.
Por isso, a escolha do imóvel para alugar deve ser a melhor possível. Confira a seguir algumas dicas para que você faça uma ótima escolha!

Defina suas prioridades
Há no mercado milhares de opções de imóveis. Mas, como encontrar aquele que se ajusta às suas necessidades? A internet oferece uma grande vantagem: em um portal, como o da Rede Provectum você pode filtrar entre as opções de acordo com suas necessidades.

Por isso, um primeiro passo é definir o que é mais importante para você em um imóvel: quantos dormitórios você precisa? Quantas vagas na garagem? Área de lazer é importante? Uma vez definidas, você pode filtrar estas características em suas buscas no site.

Quanto pagar?
Ao filtrar a sua busca, também é necessário estabelecer o limite de gastos. Lembre-se que o valor do aluguel não é o único custo em seu orçamento. É preciso também levar em conta despesas como:

- Condomínio
- Água, luz e gás
- Telefonia e internet
- Gastos com uma garagem extra, se necessária

Faça bem as contas para não assumir um compromisso acima da sua capacidade de honrá-lo.

Faça muitas visitas
Filtrou bem a sua busca? Escolha alguns imóveis que se encaixam nos seus requisitos e agende visitas a eles. Ver um imóvel pessoalmente te dá muito mais segurança na hora de alugar, pois as imagens nem sempre retratam bem um imóvel (podem supervalorizá-lo ou comprometê-lo). Além disso, as visitas também são importantes para se conhecer melhor o entorno.

Ao visitar um imóvel, anote o máximo de informações possíveis, tome as medidas dos espaços mais importantes e tire também as suas fotos. Pergunte ao corretor tudo o que for necessário para que você não tenha surpresas.

Como comparar os imóveis?
Após anotar as informações de cada um deles, compare as opções. Faça uma lista com as vantagens e desvantagens de cada um. Itens que não podem ficar de fora desta comparação são estes:

- Preço
- Localização e facilidade de acesso
- Área útil
- Opções de lazer
- Serviços e segurança no bairro

Estes costumam ser os fatores mais importantes que pesam na hora de tomar uma decisão

Atenção aos defeitos
Ao comparar os imóveis, procure também identificar, em cada um, o estado geral de sua conservação. Observe aspectos como o estado da mobília, funcionamento das instalações elétricas e hidráulicas, condições da pintura, existência de rachaduras ou vazamentos, entre outros aspectos de acabamento. Tudo isso deve ser levado em conta ao comparar as alternativas.

Imagem: iStock

Comentários:

Busca

Newsletter

Seu e-mail

Arquivo

Twitter Youtube Flickr Facebook