Imobiliária em Campinas

Casa própria ou aluguel? Veja o que mais se encaixa ao seu perfil

em: Mercado

O que é mais vantajoso, morar de aluguel ou comprar um imóvel? Muitas pessoas se perguntam isso em algum momento da vida, e ainda que o aluguel seja a melhor opção pra você atualmente, saiba que é importante se preparar para comprar um imóvel no futuro.

Não existe uma idade ideal para comprar a casa própria, depende do estilo de vida e da carreira de cada um. Se você ainda é jovem, está iniciando a carreira e pode ter que mudar de emprego ou de cidade, provavelmente o aluguel será a melhor saída pra você por enquanto, já que o imóvel poderia deixá-lo preso a uma cidade ou local.

Mas para quem já tem uma carreira estabelecida e pretende morar bastante tempo no mesmo lugar, a compra é a melhor saída, principalmente porque ter o próprio teto é peça fundamental da verdadeira independência financeira.

Quem tem dificuldade para poupar, fazer um financiamento funciona como uma “poupança forçada”, uma vez que o comprador é obrigado a investir uma parcela significativa do patrimônio.

Ter uma casa já quitada na maturidade traz estabilidade e segurança para a família. Isso porque, mesmo antes da aposentadoria, a empregabilidade cai, e a saúde para trabalhar a pleno vapor pode não ser mais a mesma, e ainda que a renda diminua, resta a segurança de ter a casa própria.

Em último caso, o imóvel pode ser vendido e trocado por um menor e mais barato, se a família estiver precisando liberar recursos e cortar gastos.

Quem mora de aluguel sabe que um dos pontos negativos é o contrato, que vale por 30 meses, e após esse período, o proprietário pode pedir o imóvel de volta, a não ser que seja feito um novo contrato. E se esse novo contrato for fechado, o valor do aluguel será revisto provavelmente com reajuste.

Se você encontrou uma casa disponível na localização que deseja, possui dinheiro para dar um bom sinal e tem fonte de renda estável, esse pode ser o momento ideal para financiar e em breve ter a casa própria.

Momento propício para comprar imóveis

O relatório do Fundo Monetário Internacional (FMI) apontou a alta rápida dos preços de imóveis no Brasil e a forte expansão dos empréstimos imobiliários. Segundo o documento, o aumento dos requerimentos de capital para comprar um imóvel contribuiu para reduzir a velocidade de crescimento do crédito.

Essa melhoria nas condições de crédito levou ao aumento da demanda por imóveis, responsável pelo acréscimo nos preços dos aluguéis e dos imóveis novos. A queda dos juros permitiu acesso a crédito para compra de imóvel e levou agentes econômicos a buscar esta alternativa como forma de investimento.

Mas para quem se preocupa com a bolha imobiliária, a alta dos preços está dentro do esperado, conforme a taxa de juros. Os valores de imóveis devem crescer de acordo com a inflação, sem valorização expressiva, além do crédito que deve estabilizar. Portanto, se você está pensando em comprar a casa própria, o momento é propício.

Caso não haja bolhas no mercado imobiliário brasileiro, os preços dos imóveis no futuro próximo devem se consolidar em um novo patamar, sem aumentos contínuos ou quedas drásticas.

Ficou interessado no assunto? Clique no link para saber mais.   

Comentários:

Busca

Newsletter

Seu e-mail

Arquivo

Twitter Youtube Flickr Facebook